• Hospital Sugisawa

Bactérias Multirresistentes: você sabe o que são?


Nós possuímos 10 vezes mais bactérias do que células em nosso corpo. São dez trilhões de células contra cem trilhões de bactérias. Isso mesmo, cem trilhões! Essa imensidão de bactérias convive muito bem com nosso organismo e até ajuda na digestão dos alimentos e na nossa própria imunidade.


Para que essa harmonia seja mantida, é preciso que haja equilíbrio na quantidade e na distribuição delas. Então por que temos tanto receio e precauções para evitar a transmissão de bactérias? Nem todas as bactérias convivem harmonicamente conosco e nem todas são passíveis de tratamento. Algumas bactérias têm maior capacidade de invasão da pele ou mucosa para causar doença.


Temos vários tipos de Streptococcus na nossa boca, por exemplo, e elas não costumam penetrar na mucosa se a boca estiver saudável. Mas um Meningococo sim. Por isso, em casos de doenças meningocócicas, as pessoas próximas do doente devem receber antibiótico para evitar que continue havendo um reservatório daquela bactéria. Outra questão é que, por vezes, uma determinada bactéria possui um mecanismo de resistência adquirido e se torna resistente aos antibióticos e, por mais que não seja uma bactéria “agressiva” no sentido de invasão do organismo, não queremos que ela se dissemine.

10 visualizações

® Todos os direitos reservados a Hospital Sugisawa. 

  • Facebook
  • Linkedin